segunda-feira, 27 de outubro de 2008

"Um pedaço de mim"

Maggie Taylor

E então chegamos na praça, eu, Beto e Andressa. Às 7 horas da manhã. E a praça vazia, como já era de se esperar. Será que apareceria alguém para ver “Game Over” às 9:00 am? O espetáculo anterior havia sido cancelado por alguns problemas. Ninguém, simplesmente não havia ninguém faltando 10 para as 9. Resolvemos apresentar mesmo assim. Eis que inesperadamente, surge uma, duas, três e 15 pessoas para nos ver. Pessoas queridas. Então eu paro por uns instantes e penso; Minha imagem pode ser de todos, sempre, mas meu coração é para poucos, bem poucos. E foi uma apresentação linda, eu e a Andressa que particularmente é uma das atrizes mais diciplinadas e talentosas que eu conheço. Algumas lágrimas em alguns olhos. O que me fez fazer daquele “game over” um lindo "start". Comecemos novamente, só que agora com algumas pessoas a mais dentro do coração. Só que agora com um pedaço de mim dividido entre 15. E assim eu caminho um pouco mais feliz, e talvez, um pouco mais leve.

Um comentário:

Hosana Vieira disse...

A grandiosidade das coisas não está no tamanho e sim na intensidade.Fernando Pessoa

Parabéns pelo espetáculo!!!
beijos...